COMUNICADO CONJUNTO DAS QUATRO CONFEDERAÇÕES DO SETOR AGRÍCOLA PORTUGUÊS 23 de novembro de 2022

100% DO SETOR AGRO ESTÁ CONTRA A INTEGRAÇÃO DAS DIREÇÕES REGIONAIS DE AGRICULTURA (DRA) NAS CCDR E PEDEM AO GOVERNO QUE NÃO LEVE MEDIDA AVANTE

As quatro Confederações da Agricultura portuguesa – AJAP, CAP, CNA e CONFAGRI – entendem, de forma unânime, que a resolução do Conselho de Ministros de 17 de novembro, que determina o início do processo de transferência e partilha de atribuições da Direções Regionais de Agricultura (DRA), para as Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR), é altamente lesiva para o setor agrícola nacional. Nesse sentido, também unanimemente, pedem ao Governo que a mesma seja revogada no mais curto prazo possível.

A agricultura é um dos principais motores da economia nacional. Enquanto política comum europeia, rege-se por um quadro normativo e regulamentar complexo e exigente, que requer técnicos competentes e preparados, capazes de atuarem de forma dedicada e próxima junto dos agricultores.

É impensável que, numa altura em que as principais Organizações de agricultores do País são chamadas à implementação do Plano Estratégico da Política Agrícola Comum (PEPAC) para o período 2023-2027, seja tomada a decisão de extinção e transferência de competências das DRA para as CCDR.

Esta decisão, que não foi precedida de qualquer explicação ou processo de diálogo, e com premissas desconhecidas em termos de benefícios previstos, é uma inversão completa do que deveria ser uma política pública coerente de reforço da presença e das funções do Estado nos seus órgãos técnicos especializados e descentralizados como são as DRA.

Desta forma, sem prejuízo de ações específicas a desenvolver por cada uma das entidades signatárias do presente comunicado conjunto, a posição unânime é de apelo para que o Governo recue e revogue, de imediato e de forma inequívoca, a resolução aprovada sobre esta matéria.

Fonte: CONFAGRI

Partilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Da mesma categoria: