A Fenadegas avisa que mais de 18 mil viticultores podem sair à rua em protesto, se não for encontrada uma solução para escoar o excesso de produção dos últimos dois anos.

Partilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp