Escrita por: FENADEGAS em Fevereiro 3, 2021 em Vendas

A Adega de Cantanhede fechou 2020 com as Exportações a crescer 17,6%, cimentando a sua posição nos mercados internacionais.

Num ano particularmente desafiante, com as principais feiras internacionais do sector canceladas e o acompanhamento dos mercados in loco comprometido, o crescimento registado decorreu essencialmente da reconhecida qualidade dos seus vinhos, bem como da solidez das relações comerciais existentes e do elevado nível de confiança dos seus parceiros internacionais, num ambiente de incerteza em que essa confiança se tornou ainda mais relevante. Além disso verificou-se um crescimento significativo para clientes com forte pendor de vendas nos canais on-line, uma tendência de mercado alavancada pelos constrangimentos que levaram à forte diminuição de actividade no on-trade (sector HoReCa).

Os Mercados Externos foram liderados pelo Brasil, seguido da Rússia, EUA, França e Inglaterra, um TOP 5 que no seu conjunto cresceu 22%.

Os resultados alcançados permitem encarar 2021 com confiança, igualmente reforçada pelos 126 prémios nacionais e internacionais com que os seus vinhos foram galardoados em 2020, merecendo especial destaque as 8 Grandes Medalhas de Ouro, 44 Medalhas de Ouro e 10 pontuações acima dos 90 pontos em revistas internacionais da especialidade.

Deixe um comentário