Escrita por: FENADEGAS em Abril 13, 2017 em Adega da semana

Lourinhã, a única região demarcada de Aguardente de Portugal

A Lourinhã é uma das três regiões demarcadas de aguardente vínica no mundo, ao lado das francesas Cognac e Armagnac.
A “Nossa” Aguardente DOC da Lourinhã leva a fama de Portugal além-fronteiras.

No passado mês de março, a Região Demarcada da Aguardente DOC Lourinhã comemorou o seu 25º aniversário e para estas bodas de prata, a Adega Cooperativa apresenta uma edição especial da sua, da “Nossa” Aguardente DOC da Lourinhã.

Relembramos que esta é a primeira e única região demarcada do país para produção exclusiva de aguardente.

 

A Adega Cooperativa da Lourinhã

A funcionar desde 1957, a Adega Cooperativa da Lourinhã alia a tradição à inovação.

Toda a aguardente produzida pela adega é efetuada de forma tradicional. As vindimas decorrem em meados de setembro e as castas que dão origem a este precioso néctar são predominantemente brancas, entre outras, a casta Tália.
As uvas apresentam um baixo teor alcoólico e uma alta acidez. Estas caraterísticas são oriundas das próprias vinhas onde são colhidas as uvas.

Mas para produzir a famosa aguardente existem regras a cumprir, como por exemplo, o facto de a vinificação ser feita sem adição de anidrido sulfuroso e de a aguardente envelhecer no mínimo, 24 meses em cascos de carvalho.

A adega possui vários lotes armazenados nos inúmeros de cascos de carvalho francês e português, alguns destes contêm a aguardente à mais de 30 anos.

Para “ganhar” a tonalidade e aromas caraterísticos da Aguardente da Lourinhã é necessário que esta repouse mais tempo possível em cascos. O tempo, o tipo de madeira e queima do casco são decisivos para o sucesso do produto final.

 

João Pedro Catela, presidente da Adega Cooperativa, à cerca de 20 anos, descreve a Aguardente da Lourinhã com uma frase que diz tudo: “A roupa passa de moda, os produtos alimentares têm uma data de validade e a aguardente… quanto mais velha melhor.”

 

A inovação…

A Aguardente da Lourinhã é produzida e armazenada pelos métodos tradicionais como já referimos. No entanto, há inovação dentro da adega cooperativa, a nova embalagem, o vaporizador é um dos exemplos.
O vaporizador DOC Lourinhã revolucionou a forma de comer.
Pode ser utilizado nas formas mais diversas, nas Vaporizador entradas, em saladas, sopas, pratos principais, sobremesas e café.

Deixamos aqui uma sugestão soberba.

Vaporize a mousse de chocolate com o vaporizador da “Nossa” Aguardente DOC Lourinhã, e digamos que não é qualquer coisa do outro mundo!

Um toque subtil e requintado que surpreende com os aromas que conseguimos percecionar, a frescura da baunilha e toque madeirado vai fazer toda a diferença.

 

fonte: Adega Cooperativa da Lourinhã

Deixe um comentário